AIC

Reconhecimento

2014

  • O vídeo “Cabelo e Identidade”, produzido pela Rede Jovem de Cidadania, projeto da AIC, recebeu menção honrosa no Festival Visões Periféricas 2014. Essa produção partiu de uma proposta de Valéria Silva e discute a relação de algumas mulheres com seus cabelos afro. Esteve no festival na mostra Videorama, onde foram exibidos filmes produzidos em escolas, oficinas e projetos de formação audiovisual.
  • A Oi Kabum! BH Escola de Arte e Tecnologia foi vencedora da categoria “Política Pública e Privada” do Prêmio Construindo a Nação, iniciativa do Instituto da Cidadania do Brasil com a CNI-Sesi. A premiação reconheceu o projeto de Gestão Coletiva da Kabum!, que incentiva a participação ativa dos alunos nas tomadas de decisão da escola.

2012

  • Recebimento do diploma de Honra ao Mérito, concedido pela Câmara Municipal de Belo Horizonte. A homenagem foi um reconhecimento da relevante atuação da AIC em favor do interesse coletivo em seus quase 20 anos de história.
  • A Agência de Comunicação Solidária, projeto da AIC, foi eleita uma das 45 iniciativas de destaque no Guangzhou International Award for Urban Innovation.
  • Prêmio Aberje (Regional Minas Gerais e Centro Oeste) na categoria Comunicação Integrada, concedido ao projeto Cidadania nos Trilhos, que a AIC desenvolve junto à Vale e à Dezoito Comunicação.

2011

  • Em 2011, a campanha de divulgação da Estação da Música Jovem, projeto desenvolvido pela AIC em parceria com a Vale, recebeu o prêmio Aberje regional (Minas Gerais e Centro-Oeste) na categoria “Comunicação de Programas, Projetos e Ações Culturais”. Este, que é considerado o maior prêmio da comunicação organizacional no Brasil, atesta o sucesso das realizações da AIC na área da comunicação estratégica.

2009

  • Prêmio Pontos de Mídia Livre – categoria Local/Estadual – conferido pelo Ministério da Cultura ao projeto Centro de Mídias da Juventude.
  • Prêmio Internacional Mejores Prácticas en Políticas y Programas de Juventud en América Latina y el Caribe.
  • Finalista do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social com a tecnologia Comunicação Participativa Juvenil para o Desenvolvimento Comunitário.
  • Prêmio Loucos pela Diversidade, concedido pelo Ministério da Cultura à Rede Parabolinóica de Arte e Loucura.

2008

  • Troféu prata do Prêmio Finep/Regional Sudeste – categoria Tecnologia Social.
  • Prêmio Cidadãos do Mundo – categoria Iniciativa Inovadora, concedido pelo jornal mineiro Hoje em Dia, ao projeto Juventude do Jequi.

2007

  • Prêmio Avon Cultura de Vida, conferido a propostas de excelência na promoção da cidadania, da diversidade e da liberdade cultural.

2006

  • Menção honrosa no Prêmio Cultura Viva ao projeto Rede Jovem de Cidadania.
  • Finalista no Concurso Experiências em Inovação Social na América Latina e no Caribe, realizado pela Comissão Econômica para a América Latina e Caribe da Organização das Nações Unidas (CEPAL-ONU) e Fundação W. K. Kellogg.
  • Prêmio Internacional Dubai/ONU de Excelência em Práticas para Melhorar as Condições de Vida, pela experiência da Rede Jovem de Cidadania.

2005

  • Se Buscan – Levantamento das Melhores Práticas de Produção de Conteúdos Locais: A AIC foi reconhecida como referência em práticas de comunicação e cidadania na América Latina.
  • Prêmio regional (MG) e 2º lugar nacional no Prêmio Itaú-Unicef.
  • Reconocimiento UNIAL 2005, concedido pela Red UNIAL – Universo Audiovisual Del Niño Latinoamericano – à Rede Jovem de Cidadania em função de sua contribuição à comunicação participativa voltada à promoção dos direitos infanto-juvenis.
  • Prêmio Quilombo do Papagaio – categoria Mídia, concedido pela comunidade do Morro do Papagaio (Belo Horizonte), a pessoas e organizações que estão contribuindo para a melhoria de vida no local.

2004

  • Prêmio Marketing Best de Responsabilidade Social concedido pela Petrobras à Rede Jovem de Cidadania.
  • VII Prêmio Nacional de Excelência em Informática Aplicada aos Serviços Públicos – categoria Fortalecimento da Cidadania, pela metodologia desenvolvida em parceria com o Centro Cultural UFMG para o programa Rede Lê (Rede de Letramento Digital e Comunicação).

2003

  • Prêmio Direitos Humanos – categoria imprensa, concedido pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos (SEDH) ao projeto Rede Jovem de Cidadania.
  • Menção honrosa no Prêmio Internacional Betinho de Comunicações 2003, promovido pela Associação para o Progresso das Comunicações, que reúne instituições de 29 países.
  • Selo de Tecnologia Social da Fundação Banco do Brasil e Unesco.

1999

  • Vencedora do Festival Internacional de Vídeo Jovem pela Paz de Haia (Holanda), com o vídeo Briga entre Escolas.