Membros

Conheça alguns dos grupos pertencentes à Rede de Comunicação Solidária.

Se tiver interesse em incluir seu grupo na lista, mande seus contatos pra gente para o email: eadaic@gmail.com

Grupo Contatos Causa/Atividades e serviços prestados
Laço Maria Inês Julião Inclusão e empoderamento de pessoas em sofrimento psíquico, por meio da ação conjunta e colaborativa.
Oferece tratamento psíquico gratuito.
Sabic Eduardo Barbosa
diretor@sabic.org.br
 Fortalecimento das bibliotecas comunitárias da RMBH e incentivo à leitura.
Bloco das Pretas Miriam Alves
blocodaspretas@gmail.com
Resgate e valorização dos valores ancestrais comuns ao povo negro e combate a toda forma de preconceito.
Coletivo Na Raça Kelli Cristina
coletivonaraca@gmail.com
 Discussão racial. Pertencimento e empoderamento negro e o direito à cidade.
Ervanário Fernando e Aparecida (Tantinha)  Preservação e transmissão de saberes tradicionais e ações sustentáveis.
Conexão Contagem Alternativa Anderson Ribeirocontato@conexaocontagemalternativa.com.br Grupo da cidade de Contagem que busca valorizar a cena cultural do município com ênfase nas bandas de rock locais. O movimento, que se inciou nos anos 80, volta com novos objetivos e ideias para valorizar a cultura e a mobilização em seu entorno. A movimentação pode ser acompanhada pelo site http://www.conexaocontagemalternativa.com.br. Entre outras frentes, trabalhamos atualmente na criação de um documentário sobre o rock da cidade nos anos 80/90
Odum Orixás Madu Santos e Adelson Sabará  Discussão racial por meio da cultura e arte afro-brasileira.
Ascombamos Gracielle Fernandes  Promoção de inclusão social e a garantia de direitos.
Cantinho da Leitura Maria Cristina  Promover o incentivo à leitura na região do bairro Jaqueline, em BH.
Biblioteca Palmeirinhas Heloísa Araújo  Promover o incentivo à leitura na região do bairro Palmeiras, em BH.
Borrachalioteca Túlio Damasceno  Promover o incentivo à leitura em Sabará, MG.
Fórum das Juventudes Secretaria Executiva  Defesa dos direitos da juventude da RMBH.
Escola de Samba Cidade Jardim Tiene Dias e Alexandre Brandão  Revitalização da cultura do samba, em Belo Horizonte. Promoção do acesso à cultura e à educação de moradores do Conjunto Santa Maria.
Coletivo Semifusa Antônio Carlos Bemvindo
semifusaproducoes@gmail.com
 Fortalecimento da cena artística de Ribeirão das Neves e do sentimento de identidade e de pertença com a cidade.
ZAP 18 Cida Falabella  Fomento à cultura na periferia da RMBH.
Coletivo Conexão Periférica Vinícius  Promoção de visibilidade para as questões das periferias urbanas.
Rede FALE Caio Marçal  Promover o debate, a mobilização social e a conscientização política para a transformação social.
Projeto Reconstruir Eugênio Petraconi
novoreconstruir@gmail.com
 Defesa dos direitos de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade e risco social.
Cia Candongas Gustavo  Descentralização do acesso à cultura e formação artística.
Planos Urbanos Arquitetura e Urbanismo Cláudia Teresa Pereira Pires
planosurbanos@gmail.com
A empresa Planos Urbanos Arquitetura e Urbanismo especializada em  prestação de serviços para elaboração de projetos de produção habitacional de baixo custo para população de baixa renda, mais especialmente os movimentos organizados em torno do problema da moradia de interesse social através de projetos específicos de loteamento e incorporações sociais de baixo custo e o impacto é acesso à moradia ou a melhoria da moradia e a capacitação técnica do morador.
Minha experiência como arquiteta e urbanista na área e meu engajamento na solução de problemas urbanos, arquitetônicos e ambientais diretamente ligados a Assistência Técnica, a gestão e áreas de risco, a produção de moradia de baixo custo, a mobilização comunitária e aos estudos urbanos de inclusão na cidade, dos mais pobres.
Atividades realizadas:
No atual momento, o seminário de microcrédito, em parceria com a ASCAP/ Associação dos Catadores de Papel de Nova Lima e o MMH – Movimento Mineiro de Habitação. Assessoria Técnica para os quatro movimentos de luta pela moradia em BH na ocupação da Rua Caetés. (MNLM/CONAM/CMP/ UNIAO) Assistente técnico em projeto cultural para a Associação Esporte Clube Cruzeiro – Honório Bicalho- Nova Lima. Coordenadora do LHABURBE da Faculdade Pitágoras, do Curso de Arquitetura e Coordenadora da Rede de Assistência Técnica Arquitetos da Família.
Pirilampo e Casa Uaná Bruna Lubambo, Ana Luisa Vaz, Camila Vaz, Marcela Mendes e Anabeth Bezerra.
pirilampo.sede@hotmail.com
Nascido há mais de 9 anos no município de Timóteo, interior de Minas Gerais, o Pirilampo trabalha dia e noite, noite e dia pela inclusão social e educação integral de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade socio-econômica.
Ao longo de todo ano são oferecidas oficinas artístico-culturais gratuitas na sede da ONG e em escolas públicas no contraturno do ensino integral. Além das oficinas, o Pirilampo também viabiliza outros espaços de práticas culturais para crianças e jovens participantes e para a comunidade local como a Biblioteca Comunitária Uauá, o Programa Radiofônico Pirilampo na Cidade (vai ao ar pela Rádio Comunitária Cidade), o Almanaque Ilustrado Pirilampo (publicação colaborativa), a Mostra Círculo de Cultura, o Circuito de Teatro de Bonecos e de Contação de Histórias, a Mostra Audiovisual, entre outros eventos e produtos culturais.
Desde o início de 2015, o Pirilampo atua também em Itamaracá – PE na comunidade de Vila Velha. Na vila, os meninos e meninas da comunidade local participam das atividades da Casa Uaná, o braço pernambucano do Pirilampo, propondo e participando de ações artístico-culturais e de comunicação comunitária sempre em intercâmbio com a diversidade cultural e conhecimentos tradicionais locais. A Casa Uaná possui também umaBiblioteca Comunitária e atividades semanais: rodas de leitura mediada, oficinas de desenho e de artesato, além da parceria com a rádio comunitária de Vila Velha.
Amanu associacaoamanu@gmail.com

(31)9958­0038 / (31)9195­2726 / (31)9352­3614

A Amanu é uma associação civil, sem fins lucrativos, que atua no intuito de mobilizar e apoiar ações populares
comprometidas com uma sociedade mais justa e ecológica no município de Jaboticatubas, Região Metropolitana de Belo Horizonte/MG. É formada por agricultores familiares, artesãos, produtores artesanais, moradores do campo, povos e comunidades tradicionais, técnicos e demais pessoas empenhadas nessa construção. Reúne hoje voluntários, colaboradores e associados de 4 municípios e 14 comunidades rurais de Jaboticatubas.
Pular para a barra de ferramentas