Programa de formação de agentes culturais juvenis em Minas Gerais e Espírito Santo, com os propósitos de valorizar os jovens como sujeitos capazes de gerar transformações em suas comunidades e fomentar a atuação em rede. Realizado entre 2009 e 2011, a Rede investiu no protagonismo juvenil por meio da construção de projetos de intervenções positivas nas comunidades, sensibilizando-as para a valorização do jovem como um sujeito decisivo na construção da cidadania.

público

Jovens da Região Metropolitana de Belo Horizonte, Vale do Aço, Vale do Rio Doce, Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, e em alguns municípios do Espírito Santo. Foram formados cerca de 500 jovens, enquanto os projetos nas comunidades e os eventos beneficiaram diretamente mais de 20 mil pessoas.

AÇÕES REALIZADAS

Confira a seguir as principais ações empreendidas.

Cursos de formação de jovens agentes multiplicadores

Formação com adolescentes e jovens incentivando o protagonismo juvenil e a mobilização social em suas comunidades.

Projetos de intervenção positiva nas comunidades

Implementação de projetos de intervenção positiva e mobilização social e cultural nas comunidades.

parcerias do projeto

Rede de Comunicadores do Vale
Vale
Departamento de Comunicação Social – UFMG

galeria

produções