Rede de Cultura e Protagonismo Juvenil: formação de agentes juvenis pelo fortalecimento do patrimônio imaterial e da identidade cultural de Paracatu (MG) é um programa de formação de jovens em situação de vulnerabilidade social, com idade de 15 a 29 anos, ligados a locais, instituições e grupos que promovem saberes e fazeres cotidianos do patrimônio imaterial de Paracatu (MG). Por meio de ações de mobilização cultural e comunicação, a ideia é que os participantes se tornem agentes difusores e multiplicadores dessas memórias e práticas.

A iniciativa conta com recursos da Lei Federal de Incentivo à Cultura e o patrocínio da Kinross.

Valorizando a construção coletiva do conhecimento, o projeto se orienta pela mobilização cultural e cria espaços de promoção de representações dos jovens sobre a cultura que vivenciam e constroem em sua própria cidade. Realizado desde 2019.

público

Participaram da formação, em 2019, 30 jovens ligados a grupos culturais locais e instituições promotoras de cultura em Paracatu, além de estudantes da rede pública de ensino no município. A população de forma mais ampla é também contemplada por meio das ações de mobilização cultural e difusão do patrimônio imaterial da cidade.

AÇÕES REALIZADAS

Confira a seguir as principais ações empreendidas.

FORMAÇÕES

É desenvolvido um amplo processo formativo, baseado em metodologias ativas, que promove a produção de conhecimentos em patrimônio imaterial e mobilização cultural.

MAPEAMENTO COLABORATIVO

Uma importante ação foi a realização de um mapeamento colaborativo de manifestações culturais da cidade e de produção do guia cultural jovem “Cola em Paracatu”.

AGENDA CULTURAL

Os jovens construíram, em parceria com seus coletivos e comunidades, uma ampla agenda de atividades culturais realizadas no município.

DIFUSÃO

Realização de eventos colaborativos, idealizados e promovidos por jovens participantes do projeto, com base nas iniciativas mapeadas para o guia cultural “Cola em Paracatu”.

parcerias do projeto

Kinross

galeria