É com muita alegria que, nos últimos meses, o Programa de Educomunicação e Educação Patrimonial de Matozinhos vem recebendo o reconhecimento de importantes premiações nacionais no campo de patrimônio e do design. Realizado pela AIC, com parceria da Prefeitura Municipal de Matozinhos e patrocínio da Cimento Nacional, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, o programa buscou criar caminhos de valorização, disseminação e acesso ao vasto patrimônio de Matozinhos (MG), com foco nas comunidades escolares. Como parte das proposições desenvolvidas pelo programa, estão práticas lúdicas, materiais didáticos e visita virtual. 

Em outubro, o programa foi vencedor na etapa regional do 35º Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, do IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, que reconhece, em nível nacional, ações de excelência para preservação e promoção dos patrimônios culturais do país.  

No mês seguinte, foi a vez da visita virtual à Fazenda Bom Jardim e Gruta do Ballet sair como uma das vencedoras na categoria Design Digital – Website do Design for a Better World Award 2022, premiação que valoriza soluções que impactam de forma positiva a sociedade. A imersão em 360º, conduzida pelas personagens Inaê, Babuca e Luzia, combina recursos interativos e conteúdos em diferentes formatos, inclusive em libras e com audiodescrição, para apresentar ao internauta sítios de interesse arqueológico do município, que conta com a 4ª maior quantidade de cavernas do país. 

Para finalizar a série de reconhecimentos, o kit de expedição do projeto recebeu medalha de prata na categoria Design Social do prêmio Brasil Design Award 2022, organizado pela Associação Brasileira de Empresas de Design (ABEDESIGN) com o objetivo fomentar e fortalecer o mercado de design (o kit impresso do Conexão Comunidade também foi agraciado na mesma categoria). Composto por materiais pedagógicos lúdicos, como jogo de tabuleiro e bonecos de papel, o kit distribuído para a rede pública de Matozinhos convida as crianças a percorrerem os patrimônios materiais e imateriais do território e aprofundarem seus conhecimentos a respeito.

Conquistas como essas reforçam nossa convicção e empenho em construir ações de educação patrimonial pautadas na autonomia, nos saberes e no protagonismo dos sujeitos com quem trabalhamos. Agradecemos imensamente à Cimento Nacional, que acreditou no projeto e o viabilizou por meio de Lei Estadual de Incentivo à Cultura da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais. Agradecemos ainda aos grandes parceiros locais que fizeram com que o projeto fosse possível: professoras, estudantes e toda comunidade escolar que participou ativamente, Prefeitura Municipal de Matozinhos (por meio da Secretaria de Educação e da Subsecretaria de Cultura e Turismo) e o Museu Oju Ayé, que foi apoio fundamental de todo processo.  Por último, e não menos importante, nosso agradecimento para toda a equipe.

Em 2022, outros três projetos desenvolvidos pela AIC foram nomeados em premiações de design e práticas inovadoras, revelando a excelência do nosso trabalho múltiplo e dedicado em prol da cidadania.

Equipe Programa de Educomunicação e Educação Patrimonial de Matozinhos 
Coordenação geral: Raissa Faria | Produção e mobilização: Marcela Brito | Conteúdos: Marcela Britto, Isabelle Chagas, Raissa Faria e Vitória Brunini | Identidade visual, projeto gráfico, ilustrações e diagramação: Mila Barone   

Quer conhecer mais sobre os patrimônios culturais de matozinhos?

Acesse o site do projeto!