Desde 2019, a AIC realiza o Estação de Memórias, uma iniciativa da VLI Logística que conta com o apoio das prefeituras municipais e se volta ao registro, à valorização e à disseminação da memória ferroviária de diferentes localidades do país. 

Baseado no princípio da construção coletiva da memória social, o projeto parte da pesquisa, da mobilização no território e do mapeamento de referências para a construção de espaços expositivos em estações de trem, muitas delas hoje desativadas. Com isso, contribui para a preservação dos patrimônios históricos, artísticos e documentais relacionados à implantação das ferrovias no Brasil. 

O Estação de Memórias iniciou-se em 2019, na estação ferroviária de Bernardo Monteiro, em Contagem (MG). Em 2021, esteve nas cidades de Matozinhos (MG) e Cachoeira (BA) e, partir de 2022, desembarca nas paradas de trem de Três Rios (RJ), Campos Altos, Divinópolis e Uberaba (MG).  

Público

Em cada localidade, uma média de 40 pessoas participa da construção colaborativa dos espaços de memória. Estima-se que cada estação inaugurada recebe cerca de 2 mil visitantes por ano. 

Parcerias

Galeria