Promovido em aliança estratégica com o Movimento Dias Melhores e coordenado pela AIC e Cáritas Brasileira Regional Minas Gerais, o Programa Comunidade Viva Sem Fome tem o propósito de garantir segurança alimentar para 1.200 famílias de Belo Horizonte e região metropolitana que vivem em situação de extrema pobreza, fornecendo um kit mensal de alimentos e itens de higiene e limpeza. As comunidades atendidas são indicadas a partir do diagnóstico realizado pela equipe do projeto Periferia Viva.

Os territórios prioritários são os que têm os mais baixos níveis de IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) e os mais altos índices de vulnerabilidade social e risco à violência da RMBH.

Quanto às famílias atendidas, são priorizadas as que estão sem renda ou com renda extremamente precária e que têm maior quantidade de crianças e adolescentes. Todo o processo conta com o apoio de uma comissão interinstitucional, constituída por representantes das entidades parceiras da campanha.

Conheça o site da iniciativa.

Público

Famílias sem renda ou de baixa renda que vivem nos territórios que têm os mais baixos níveis de IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) e os mais altos índices de vulnerabilidade social e risco à violência da RMBH. Mensalmente, 1.200 famílias são beneficiadas com kits de alimentos e itens de higiene e limpeza.

Ações realizadas

Confira a seguir as principais ações empreendidas.

Rede solidária

Uma rede constituída por mais de 50 coletivos e organizações comunitárias, espalhadas pela RMBH, identifica os casos mais graves de insegurança alimentar e realiza a distribuição dos 1.200 kits de alimentos e produtos de higiene doados mensalmente pelo programa.

Ações cidadãs

Junto com o alimento, o Programa também leva informação e mobilização social às comunidades. São realizadas campanhas especiais temáticas, que já levaram a milhares de famílias ações de prevenção à violência contra a mulher e a criança, de distribuição de livros e fomento à leitura e ao desenvolvimento infanto-juvenil.

Parcerias

Galeria